No Bico do Corvo
Sonho meu

Olá! Bom dia, leitor!
- Hoje, sexta-feira, dia 19 de junho de 2020, é celebrado o ‘Dia do Cinema Brasileiro’;
- Também hoje se comemora o ‘Dia do Migrante’.

As pessoas ainda se iludem com as intenções do presidente. Para quem já se esqueceu: na campanha, o então candidato Jair Bolsonaro prometeu acabar com a reeleição (e agora só pensa nisto), prometeu combate firme à corrupção - e sinalizou isto de forma contundente ao convidar Sergio Moro para ser o seu ministro da Justiça e Segurança Pública – mas, uma vez no poder, em menos de um ano, botou de lado esse combate e passou a desprezar quase que de forma sistemática seu ministro, o que - claro! - redundou em sua demissão.

Sonho meu (2)
E para que essas ilusões com o presidente não sejam desmentidas em vão: o presidente prometeu que seus ministérios não seriam ocupados por indicações políticas, mas por critérios técnicos. E a cereja do bolo foi o detalhe que agora virou pó e se desintegrou no ar: aquele segundo o qual o presidente eleito jamais negociaria cargos com o ‘Centrão’. Bobagem. O presidente não só negociou um toma-lá-dá-cá com os líderes do grupo, como criou um ministério sem qualquer critério técnico, de Comunicações, e o entregou ao deputado federal Fábio Faria (PSD-RN), genro de Sílvio Santos.

Sonho meu (3)
E para quem já se esqueceu: no calor do momento da vitória o então candidato vencedor, Bolsonaro, disse que seu ministério não teria mais que 15 pastas. Fez papel de bobo quem acreditou. O ministério foi formado por 22 pastas e agora já tem 23. E vem aí o 24º. ministério, o da Segurança Pública. Mas há quem diga que a conta não vai parar por aí. ‘É o impeachment, estúpido!’

Veja bem
Tem jornalista conhecidíssimo, que tem blog na internet, programa de rádio estrelado e muito trânsito nos ambientes do governo que jura de pés juntos que o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN), agora ministro de Comunicações, é uma escolha pessoal do presidente e não tem nada a ver com o ‘Centrão’.
Conte outra, doutor.

Veja bem (2)
Porque se Fábio Trad não tem nada a ver com o ‘Centrão’, então Jair Bolsonaro não levou uma facada. É tudo rumor da imprensa...
Tem mais: quem diz que o novo ministro das Comunicações de Bolsonaro é fruto de escolha pessoal do presidente também explica que o Governo estava à procura de um articulador que fizesse as pontes com o Congresso Nacional que visam a aprovação dos projetos encaminhados pelo Executivo.

Veja bem (3)
Vamos torcer por Fábio Faria, não é? E vamos torcer por suas pontes com os deputados federais para a aprovação dos projetos do governo.
Vamos torcer mais ainda para que as almas que habitam o Palácio do Planalto consigam dar um jeito no tal do ‘gabinete do ódio’, tá certo ministro?

Solstício
Hoje é o último dia do outono/2020. Amanhã começa o inverno. Bom final de semana, leitor!

Contato: [email protected]
WhatsApp: [45] 9.9950-3808