Edilma Duarte
Coluna Edilma Duarte 20 e 21 de abril

Vamos entender
Tem gente dizendo, aqui mesmo, na terra das Cataratas, que votou em Jair Messias Bolsonaro para tirar o PT de Luiz Inácio da Silva Lula do poder. Decepcionada, essa mesma gente diz que “se der Lula e Bolsonaro, voto no Lula”.  Isso me lembra o povo que dizia que votaria pela reeleição da Dilma porque com ela o pobre podia comer arroz Prato Fino. 

Eis a questão 
Enquanto os arrependidos se confessam, o “mito” petista cruza o país incorporando uma vez mais, o salvador da pátria. Tinha razão Pelé quando, ainda no auge da fama, afirmou que “brasileiro não sabe votar”. Levou pedrada o rei do futebol. Mas até hoje estamos pecando nesse quesito. Falta educação, consciência política. 

Cabe ação  
Atenção Prefeitura de Foz do Iguaçu! Há cerca de três semanas uma mulher sofreu um acidente no centro da cidade por conta de buracos e irregularidades em uma calçada no centro da cidade. Até hoje se encontra impossibilitada de sair para trabalhar. Por pouco não quebrou o tornozelo. O município pode sim, ser acionado na Justiça em casos de acidentes ocasionados por calçadas danificadas, bueiros sem tampa e buracos nas ruas.   

Terceira via  
Enquanto só se fala em Covid-19, que de fato é o tema mais inquietante do momento, praticamente em todo o planeta, o tempo não para nos bastidores da política. As articulações atualmente giram em torno da criação de uma frente ampla para viabilizar a terceira via que viria contrapor às candidaturas de Bolsonaro e do ex-presidente Lula. 
Dívida da proteção
Nas redes sociais a vereadora Carol de Donattti vem pedindo socorro para pagar dívidas já volumosas contraídas junto a clínicas veterinárias e pets e, também, para custear despesas diárias que acumula no trabalho de proteção aos animais. 
Falando em dívidas  
O sistema não perdoa. Grandes empresas – mais que as pequenas e médias- não querem nem saber se o cidadão está hospitalizado ou padece os males da Covid-19. Os boletos continuam chegando e os credores são implacáveis. Está ai o Serasa a comprovar que tudo continua como dantes: não pagou, a penalização vem e, adeus crédito na praça.    
  
Rei aos 80
Roberto Carlos brinda seus 80 anos esbanjando vitalidade e se dizendo cheio de sonhos. O “bicho”, amigo de fé e irmão camarada do Erasmo, não bebe, não fuma, nunca usou droga, nunca emitiu opinião política – não queria influenciar pessoas e dizia sempre torcer pelo Brasil- e assim, se você não sabe, nem nós, se ele tem alguma opinião formada sobre o assunto.