Em Foz, 12,79% foram infectados pelo coronavírus e 96,43% estão curados


- Por: Redação 007

Em Foz, 12,79% foram infectados pelo coronavírus e 96,43% estão curados

Cidade registra 33.033 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia em março do ano passado. Destes, 31.855 pessoas - 96,43% dos casos - estão curadas. O número é muito superior à quantidade de casos ativos (439) que são os pacientes em acompanhamento médico ou isolamento domiciliar. 

Segundo a Secretaria de Saúde, nas últimas 24 horas foram registrados seis óbitos e 55 novos casos. Ao todo, a cidade tem 739 mortes. A incidência é de 12.899 a cada 100 mil habitantes, e a taxa de letalidade é de 2,24%.  Foz do Iguaçu conta com 125 Unidades de Terapia Intensiva (UTI)  e 89 enfermarias exclusivas para atendimento da doença. A ocupação de leitos UTI está em 68,80%, enfermaria em 46,07%.

A mortalidade em decorrência da doença reduziu significativamente em comparação com última quinzena de março, mês considerado com mais mortes desde o início da pandemia, 235 óbitos. O ano de 2021 é potencialmente um ano mais letal que 2020, no ano passado foram registradas 275 mortes por covid-19, enquanto, neste ano, são 464 óbitos em decorrência da doença.

Programa - Segundo o monitoramento da Vigilância Epidemiológica, a faixa etária com maior número de mortes foi entre 70 e 79 anos, do sexo masculino. Outro fator determinante para o agravamento da doença e identificado em 95,1% dos óbitos é a presença de uma ou mais morbidades e fatores de risco de saúde.

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) destacou em entrevista, que as comorbidades como hipertensão, diabetes e obesidade são um sinal de alerta quando associados a um caso positivo de covid-19. "Foi diante desse monitoramento, realizado pelas equipes de saúde, que implantamos o programa de atendimento domiciliar covid". 

"Esse programa atende idosos e pessoas com comorbidades, ele tem a finalidade de acompanhar os casos de risco e reduzir as chances de morte das pessoas com alguma doença associada", completou.

 

Foz do Iguaçu avança na vacinação de idosos contra a Covid-19

Nesta terça-feira (20), 1.470 idosos com 62 anos receberão a primeira dose na sede da Vigilância e no Shopping Catuaí. Mais de 3 mil pessoas receberam a segunda dose nesta segunda-feira (19)

A campanha de vacinação contra a Covid-19 segue avançando em Foz do Iguaçu. Somente nesta segunda-feira (19) 3.120 pessoas receberam a segunda dose e completaram a imunização. Nesta terça (20) receberão a primeira dose 1.470 idosos com 62 anos ou mais na sede da Vigilância em Saúde e no Shopping Catuaí Palladium, em formato drive-thru. 

Ao todo, Foz do Iguaçu recebeu 59.151 doses dos imunizantes e aplicou até segunda-feira (19) 45.589. Foram 32.827 de primeira dose e 12.762 de segunda dose. 

“Estamos com a vacinação contra a Covid e a Influenza em andamento, além de todos os atendimentos que estão mantidos nas unidades de saúde, por isso, eventualmente podemos ter algum problema, mas que rapidamente é resolvido”, afirmou a secretária de saúde, Rosa Maria Jeronymo.

“Hoje vamos vacinar quase 1.500 pessoas de primeira dose e o atendimento está bem mais tranquilo. Fizemos parceria com o Exército, que nos auxiliará em caso de filas e estamos a cada dia nos reorganizando para garantir a imunização dos iguaçuenses”, completou. 

A meta da Secretaria da Saúde é completar ainda este mês a vacinação dos idosos com 60 anos ou mais, para dar continuidade ao cronograma dos demais grupos prioritários. “Dependemos do envio de novas doses pelo Governo do Estado. A medida em que chegarem, vamos reduzindo a idade até os 60 anos”, afirmou Rosa. 

A estimativa populacional deste grupo (60 a 64 anos) é 10.400 pessoas, com base na campanha de imunização contra a Influenza do ano passado. Essa é a maior população entre os grupos de idosos no município. Em todo o Paraná, foram vacinadas mais de 39 mil pessoas entre 60 e 64 anos. 

Agendamento on-line

Com o agendamento online da vacinação - tanto para a primeira, quanto para a segunda dose - o município conseguiu otimizar o serviço, facilitando a vida do morador e organizando os pontos de vacinação. As pessoas que não tiverem acesso à internet ou tiverem dificuldade em acessar o sistema devem procurar uma unidade de saúde para fazer o agendamento.

Através do site http://vacinacao.pmfi.pr.gov.br, além de agendar a vacinação, é possível ter acesso a informações sobre a campanha, tirar dúvidas sobre a imunização, acompanhar o vacinômetro e ainda enviar elogios ou sugestões sobre o atendimento. 

Enquanto o município aguarda o envio de novas remessas dos imunizantes, o agendamento para a primeira dose está temporariamente suspenso.

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas