Com aval da CBB, "Basquete Sem Fronteiras" integra inclusão social e desempenho esportivo


- Por: Redação 1

Com aval da CBB,
Projeto "Basquete Sem Fronteiras" atende 400 crianças e adolescentes, de 7 a 15 anos em Foz​​​​​​​ ​​​​​​​(foto tirada antes da pandemia do coronavírus)

Contemplado com o Selo CBB Cuida, o "Basquete Sem Fronteiras" funciona em Foz do Iguaçu e atende a 400 crianças e adolescentes, de 7 a 15 anos, em 10 núcleos. O projeto é da ABASFI - Associação de Basquete de Foz do Iguaçu, criada em 2010 e que se dedica à inclusão social e à formação de atletas de basquetebol em bairros de alto risco social.

Por sua relevância social e esportiva, o "Basquete Sem Fronteiras" alcançou o reconhecimento da comunidade, de instituições como a Justiça Federal do Paraná, a Secretaria de Esporte e Lazer e da Usina Hidrelétrica da Itaipu Binacional, que se tornaram parceiras do projeto. 

O trabalho bem feito e abrangente vem se refletindo na diminuição da evasão escolar, na evolução curricular dos envolvidos, na integração com a sociedade, dentre outros benefícios sociais, e também na conquista de expressivos resultados das equipes nas competições oficiais da Federação e em nível nacional (sete títulos do Sul-Brasileiro de Clubes, Campeão da Copa Brasil de Clubes Sub-14 Feminino-2018 e Campeão Brasileiro Escolar-2019, quando disputou o Mundial Escolar na Grécia, representando o Brasil).

Da Redação com Assessoria
 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas