Agência do trabalhador de Foz tem mais de 120 vagas de empregos


- Por: Redação 1

Agência do trabalhador de Foz tem mais de 120 vagas de empregos
Os interessados precisam ligar no número (45) 3545-5450 e confirmar as informações antes de se dirigir até a agência do trabalhador em Foz

A abertura de novos postos de trabalho voltou a crescer nos últimos meses em diversas cidades do Paraná, e Foz do Iguaçu está entre os municípios de destaque. Nesta semana a Agência do Trabalhador está com 129 vagas de emprego, com carteira assinada, disponíveis em diversos setores. 
Dentre as ofertas, há vagas para auxiliar de produção para atuar em frigorífico. O horário de trabalho abrange o período da tarde até a madrugada (das 15h à 01h). Também há oportunidade para chapeador de veículos, colorista, contador, costureira em geral, encanador, fiel de deposto, médico do trabalho, montador de móveis, operador de tele cobrança (exclusiva para PCD), polidor de veículos, supervisor de vendas, vendedor de serviços, vendedor interno, vendedor pracista, dentre outros. 
Devido à pandemia, os interessados precisam ligar no número (45) 3545-5450 e confirmar as informações antes de se dirigir até a agência. A medida visa evitar aglomerações. O uso de máscara e a higienização das mãos com álcool em gel é obrigatório para a entrada no estabelecimento. A agência está localizada na Rua Xavier da Silva, n° 834, região central. 
Além de Foz, também a vagas de emprego em outras cidades do Oeste. Em Matelândia, por exemplo, estão disponíveis 178 oportunidades. A agência de Cascavel está ofertando 418 vagas; a de Palotina, 219; a de Apucarana, 137; a de Umuarama, 132 e a de Marechal Cândido Rondon, 822. Em todo o Paraná são 3.370 postos de trabalho.  
No Estado a maior parte as vagas disponíveis são para auxiliar de linha de produção (2.172 vagas), auxiliar administrativo (159 vagas) e alimentador de linha de produção (136). “Intermediamos vagas com a parceria de empresas do Paraná. Gerar empregos é o melhor programa social que um governo pode encampar. Isso é fundamental para que possamos oportunizar ao trabalhador neste momento”, disse o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

Da redação com AEN 
Foto: Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas