Edilma Duarte
Edilma Duarte
UBS VILA YOLANDA

O Supervisor do Distrito Oeste da Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu, David Ramos da Silva, respondeu, por meio da assessoria, à nota publicada na coluna de sexta-feira (3/7), em que comentávamos a falta de médicos especialistas e alguns medicamentos na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Yolanda.

 

UBS VILA YOLANDA II

De acordo com o supervisor, atualmente a UBS da Vila Yolanda conta com seis médicos clínicos atendendo regularmente, segundo ele, de acordo com a Política Nacional de Atenção Básica, regulamentada pela Portaria 2436/2017 que estabelece que os atendimentos com médicos especializados não são de responsabilidade de atenção primária. Sobre a farmácia ele informa que a dispensa de medicamentos é estabelecida na Relação Municipal de Medicamentos.

 

Vacina chinesa

O Brasil começa a testar no próximo dia 20 a vacina chinesa contra a Covid-19.  A terceira fase de testes vai envolver nove mil profissionais de saúde em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná e Distrito Federal.  Se der resultado, a vacina poderá ser distribuída no ano que vem.  Quem diz isto é o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. Atualmente existem 136 vacinas em desenvolvimento, 12 em estudos clínicos. Já tem gente dizendo que se recusa a receber vacina chinesa.  

 

Sem verdades absolutas

Continuamos andando meio às cegas, em busca e à espera de respostas conclusivas, no que diz respeito ao Coronavírus e à Covid-19.  Exatamente como ocorreu nos anos 80, com o vírus HIV, e a doença, Aids, que pegou o mundo de surpresa. No início não havia diagnóstico preciso.  As pessoas morriam de “falência múltipla de órgãos”. Mais adiante foi taxada como “doença de homossexuais”. 

 

Teorias

O HIV teria sido criado em laboratório. Veio da África, a partir dos macacos. Era castigo divino!  Eram tantas as teorias, e a maioria, sem sentido. Não havia cura, nem tratamento adequado. Pesquisava-se uma vacina (que até hoje não existe) e muita gente perdeu a vida. No final da década veio o tratamento com o AZT.

 

Sem certezas

Com a Covid-19 avançamos passo a passo. Conhecemos o vírus e os sintomas da doença-que já vem apresentando variações- mas ainda especulamos sobre a origem do vírus e a eficácia de alguns tratamentos. No início, era doença de idosos, hoje os casos se multiplicam entre crianças de zero a 12 anos. Nem a ciência conseguiu chegar, até agora, a uma verdade absoluta.

 

Cheios de especialistas

Certeza, nenhuma. Mas somos bombardeados diariamente com mensagens e vídeos de amigos, parentes e políticos irresponsáveis, sobre medicamentos para prevenção e tratamento da doença. Enquanto isto, vários países do mundo vivem a “segunda onda” da doença, e o Brasil, já é considerado “país que se deve evitar”.

 

Deus nos acuda

Em meio à crise sem precedentes que se instalou no país, de mãos dadas com o Coronavírus e, que ainda trará muitos efeitos colaterais para a economia e não tem data para acabar, só restará aos candidatos a um cargo público nas próximas eleições municipais, investir na pandemia. Desnecessário dizer que escrúpulo não é adjetivo nem substantivo comum a todos. Daí a afirmação de que haverá muita gente contabilizando –para o bem e para o mal- os dividendos políticos da pandemia.

 

AUTORIDADE

Luiz Henrique Mandetta deixou de ser ministro da Saúde e virou fonte da Globonews. Autoridade, quando o assunto é Coronavírus-Covid-19.    

 

FRASE

“ A população da Europa é mais velha do que a nossa. Então, mais gente vai ser atingida pelo vírus do que nós”. Do presidente Jair Bolsonaro em 15 de março deste ano.

Covid-19 e motivações

Não há escapatória: seja qual for a medida adotada pelos prefeitos   e governadores, em qualquer lugar do país, e do mundo, na batalha contra o avanço da pandemia de Covid-19, sempre haverá uma maré de críticas contundentes. As vozes contrárias soam fortemente e a motivação, tanto pode ser econômica, como política.

 

Falta informação

Por trás de toda discussão que se espalha rapidamente e leva as pessoas a reagirem violentamente às medidas adotadas está, sobretudo, a falta de informação, ou a informações rasa. A maioria lê um título, um post em redes sociais, não pesquisa e sai propagando. O radicalismo impera. E no meio desses embates, a vida humana parece valer centavos. 

 

Politização

Uma coisa leva a outra e me vejo tentada a comentar um fato registrado na passagem do ciclone bomba pela cidade. Teve gente culpando a Prefeitura e o prefeito de Foz do Iguaçu pela queda das árvores! Não por nada, mas cá entre nós, colocar efeitos de fenômenos naturais na conta de um prefeito, de uma administração, no mínimo compromete a credibilidade do cidadão. Será que tem alguém aí comprando um discurso desses?

 

UBS carentes

Já teci aqui, elogios à Saúde no munícipio.  Mas hoje vou criticar.  A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Vila Yolanda, em Foz do Iguaçu, está jogada às traças. Faltam médicos. Não há especialistas.  A farmácia oferece pouquíssimos dos medicamentos prescritos. Equipamentos como computadores, não funcionam adequadamente. Carecendo de mais atenção essa unidade que atende inclusive a região central da cidade.

 

Foz no Festival Carta da Terra

Em transmissão ao vivo nas redes sociais na noite de segunda-feira (29), o Festival Carta da Terra 20 anos comemorou o aniversário do documento que nasceu com a proposta de orientar a humanidade com relação às mudanças que ocorrem no planeta dia após dia. O evento reuniu gente de vários países. Além de grandes cabeças que ajudaram a criar o documento planetário, considerado um dos mais importantes que a sensibilidade e inteligência humana já conseguiu produzir, contou com artistas, intelectuais e simpatizantes.

 

Carta da Terra, um norte

Único convidado do Paraná, ex-diretor de Meio Ambiente da Itaipu, Nelton Friedrich, responsável pela coordenação geral do premiado programa Cultivando Água Boa-uma aplicação reconhecida mundialmente das diretrizes da Carta da Terra-, destacou no Festival a importância dessa Carta Magna no pós-pandemia de Covid-19. “Pode ser um norte, uma fonte inspiradora, uma bússola para esse novo normal”, disse ele durante o evento estrelado que contou com a participação de Caetano Veloso, Gilberto Gil e Arnaldo Antunes, entre muitos outros.

 

Lockdown

Questionando esse “lockdown” que rendeu farta discussão a manhã inteira nos grupos de WhatsApp. Ruas do centro da cidade estão cheias de gente! A Avenida Brasil vazia contrasta com as transversais e paralelas onde o movimento de carros e pessoas continua intenso. Aonde vão todas essas pessoas, já que o comércio está fechado?

 

 

Eleições 2020

Com a definição de nova data para irmos às urnas, hora de ficar de olho no calendário eleitoral e se preparar para acompanhar uma das campanhas mais atípicas da história. Atípica e pobre, é o que dizem os já candidatos.

 

Frase

“O cachorro do Palácio da Alvorada era fake. Ganhou nome de imperador, Augustus, mas já havia sido batizado com nome de divindade mitológica: Zeus”. De autor desconhecido.  

 

Está candidato

Paulo MacDonald Ghisi é candidato a prefeito pelo Podemos, partido do senador Alvaro Dias. E vem aí com sangue nos olhos e faca nos dentes. Mirando seu principal adversário, Chico Brasileiro, atual prefeito, que também foi seu vice, e evocando a experiência adquirida no período em que administrou a cidade (2005-2012), conta que atualmente escuta todo mundo, estuda, pesquisa e monta seu projeto de governo com base na experiência de tudo que foi feito.

 

Xô mosquito

Em um dos perfis em rede social do ex-prefeito Paulo McDonald consta a seguinte informação: “Venceu a dengue. Criou uma ação revolucionária contra o mosquito da dengue que contou com a participação de toda a comunidade, fez Foz do Iguaçu diminuir em mais de 95% os casos de dengue virando notícia pelo civismo e ineditismo da ação, no país inteiro”. Pelo visto, mal ele virou as costas os inimigos voltaram, sentaram praça e ficaram completamente à vontade.

 

Eleições na França

Eleições municipais encerradas na França neste domingo (28), apresentaram um resultado surpreendente. O partido de Emannuel Macron derrotado por uma legenda ambientalista nas grandes cidades do país, e uma prefeita socialista, apoiada pelos ecologistas, reeleita para mais um mandato de seis anos em Paris. Anne Hidalgo foi reeleita com mais de 50% dos votos.

 

Política ambiental

Um dos grandes trunfos da prefeita reeleita em Paris foi a adoção de uma boa política ambiental. O que certamente fez a diferença nestes tempos em que a Europa definitivamente se rende à evidência de que não se pode falar em gestão pública sem pensar na sustentabilidade, não é possível pensar em qualidade de vida para um povo, ignorando o meio ambiente.

 

Pauta necessária

Insistir no discurso –necessário e muito importante, desde que efetivado após as eleições- de saúde, educação, só para citar, sem considerar a necessidade de inclusão da pauta ambiental é, no mínimo, temerário. As mudanças climáticas, contestadas por alguns, mas visivelmente observadas e sentidas em todo o planeta, reforçam a ideia da importância dessa proposta em qualquer plano de governo. De que nos adiantará ter dinheiro, poder e não ter ar respirável, alimentos e água potável, no futuro? A hora de construir o futuro é agora.

 

Negacionistas

Parece absurdo, é inacreditável, mas é real: ainda há, em toda parte e também em Foz do Iguaçu, quem duvide dos números divulgados da Covid-19 e da gravidade da situação.  Nesse mesmo grupo estão os que consideram desnecessário o isolamento social e acham o uso da máscara uma bobagem.

 

Eleições 2020

A Câmara dos deputados ainda não votou, e de acordo com o presidente da Casa, Rodrigo Maia (Dem-RJ), estão longe de um acordo para votar a Proposta de Emenda à Constituição (Pec)18/20 que adia as eleições municipais deste ano. Pode ser que aconteça nesta quarta-feira, é o que diz o presidente. E o tempo passa, o calendário atual segue em vigor, com todas as datas e prazos completamente válidos.

Sindicato recorre à SMED

O SINPREFI- Sindicato dos Professores e Profissionais da Educação da Rede Pública Municipal de Ensino Fundamental e Educação Infantil de Foz do Iguaçu encaminhou nesta segunda-feira (22), um documento à Secretaria Municipal de Educação (SMED) de Foz do Iguaçu cobrando cuidado maior para o acolhimento e suporte dos profissionais. O SINPREFI listou uma série de situações que acredita necessitarem de uma reavaliação na equipe da SMED. O que a entidade busca, neste caso, é a garantia da qualidade do trabalho pedagógico, assim como da saúde física e mental da categoria.

 

Desigualdade social 

Com a suspensão de aulas presenciais nas escolas de praticamente todo o planeta, mais uma vez sobra para os hipossuficientes, o pior cenário. É o que atesta o Relatório de Monitoramento Global da Educação 2020 divulgado pela Unesco nesta terça-feira (23). Em vários, dos 209 países monitorados pela Organização, a situação é semelhante à do Brasil.  Alunos pobres, negros e deficientes não têm acesso a tecnologias como celular, tablete ou computador para o estudo à distância. Vale dizer que com mais isto, o ano letivo que já é bem atípico, está seriamente comprometido para essas crianças.

 

Turista seguro  

Renato de Fraga Rodrigues saiu de Vitória, no Espírito Santo, para passar alguns dias de suas férias em Foz do Iguaçu. Ele contou à coluna que tentava encontrar algum lugar no Brasil em que a Covid-19 estivesse sob controle e que os atrativos turísticos estivessem abertos para visitação.  Descobriu que Foz, um destino que há tempos desejava conhecer, era o lugar.  “Aqui estou mais seguro que em minha cidade”. De acordo com o boletim emitido pela Prefeitura de Vitória nesta segunda-feira (22), a capital dos capixabas, com cerca de 358.267 mil habitantes, contabilizava 6.034 casos confirmados de Covid-19 e 215 óbitos.

 

Roteiro quase completo

Renato chegou a Foz na quarta-feira (17). Do aeroporto foi direto para a Itaipu e de lá, para o Marco das Três Fronteiras.  Na quinta visitou o Parque Nacional do Iguaçu e o Parque das Aves. Seus próximos passeios seriam o Refúgio Biológico de Itaipu e o Kattamaram II, ao pôr do sol.  O capixaba elogiou as medidas sanitárias adotadas em todos os pontos turísticos da cidade para conter os avanços da pandemia.

 

Eleições 2020

Com uma proposta de emenda à Constituição que adia as eleições municipais (PEC 18/2020) em andamento, o Congresso já discute a possibilidade de permitir a realização de eleições suplementares em municípios já castigados pela pandemia de Covid-19. Pautada para esta terça-feira, a análise da proposta, em sessão remota, não ocorreu até o fechamento da coluna. Porém, havia desde a semana passada um movimento forte pela aprovação da Pec.

 

Fiscalizando a fiscalização 

Tem parlamentar cobrando do Poder Executivo fiscalização do uso de máscaras em casas noturnas e bares da cidade. Mas o que de fato deseja saber o vereador Rudinei de Moura, do partido Patriota, é se a fiscalização nesses estabelecimentos funciona da mesma forma que nos pequenos comércios e, de que maneira se dá essa fiscalização. A partir de denúncias ou apenas quando a viatura passa em frente aos locais e verifica alguma irregularidade?

 

Origem do Coronavírus

Quase oito meses depois de praticamente varrer o planeta esse vírus ainda é um mistério para os especialistas. Muito já se falou. A cada dia surge uma nova teoria, mas até hoje, não há dado conclusivo. Em busca de respostas o Canal26 da Argentina conversou, na manhã desta terça-feira (23) com pesquisadores de vários países do mundo. No final do programa, no canal de notícias, só havia conjecturas.

 

Teorias

Sabemos que os primeiros casos de Covid-19 tiveram origem no mercado de frutos do mar da cidade de Wuhan, na China. Os primeiros registros da doença ocorreram no dia 31 de dezembro do ano passado e, rapidamente, os números começaram a subir vertiginosamente. Já apontaram o morcego como um possível hospedeiro. Há quem acredite até hoje que o vírus foi criado em laboratório chinês, em um complô de comunistas. Mas tudo  o que temos até agora, são teorias.

 

Frase

“O que nós chamamos de fake news são campanhas de desinformação, de difamação, de ódio, de destruição moral de pessoas e de instituições. É uma degeneração da democracia”. Do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Roberto Barroso, em entrevista na Live JR da Record News.

 

Barulho matinal

Morador da região central de Foz do Iguaçu escreve queixando-se de uma obra que, segundo ele, inicia os trabalhos as 7 horas, de segunda a sábado, e aos domingos, no mesmo horário, carrega um caminhão, atirando dentro da carroceria, com muito barulho, equipamentos e rejeitos.  O reclamante se diz revoltado pelo fato de não observarem o direito daqueles que desejam dormir até mais tarde, pelo menos, no domingo.

 

Demorou

Agora ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub deixa o cargo com a promessa de ganhar uma indicação para o Banco Mundial, em Washington. Depois de todas as situações que protagonizou ele pode levar um baita prêmio. Se é que a promessa vai ser cumprida. Só ficamos por entender a questão da segurança da família, evocada pelo ex-ministro, já que a pasta não envolve riscos.

 

Guarde esta data

Motoristas de aplicativos e guias autônomos serão os beneficiados pela live solidária que o Complexo Dreams Park Show vai promover no dia 26 (sexta-feira), com a banda iguaçuense Magnun Rock Machine, no palco do Dreams Motor Show, museu de motos customizadas que deverá ser inaugurado em setembro, na cidade.

 

Show promete

Reconhecendo o papel importante desses trabalhadores para o turismo da região e, mais especificamente, a contribuição para o sucesso do Dreams Park, a gerente comercial Paula Haio diz que se sentem na obrigação de ajudar esses profissionais. A banda, uma excelente escolha, tem oito anos de estrada e já abriu shows de artistas renomados como Nando Reis, Caetano Veloso e bandas como Roupa Nova, Jota Quest e Tianastácia, entre outros.

 

Eleições 2020

Conforme já comentamos aqui, e vamos repetir, a Constituição Federal em seu artigo 29, inciso II, prevê a realização das eleições municipais no primeiro domingo de outubro e segundo turno, se necessário, no último domingo do mesmo mês. Alteração na data, só a partir de aprovação de uma Emenda Constitucional a ser aprovada na Câmara dos deputados e no Senado Federal. Mas estamos em meio a uma pandemia e se faz necessário avaliar a questão.

 

Adiamento em pauta

No final de seu mandato de presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ministra Rosa Weber considerou improvável a alteração no calendário eleitoral, citando a Constituição. Na verdade, ela apenas deixava para o seu sucessor, a tarefa de lidar com o assunto. Eleito presidente, coube ao ministro Luiz Roberto Barroso comandar as eleições municipais deste ano e, consequentemente, definir a questão do calendário eleitoral.  A expectativa é de que tudo se resolva já na próxima semana.  

 

PT define candidatura

A disputa pela vaga de candidato à prefeitura de Foz do Iguaçu pelo Partido dos Trabalhadores (PT) será decidida neste sábado (20). A escolha ficará a cargo dos 23 membros do diretório municipal. Os nomes que aparecem na corrida são Luiz Henrique Dias, Marcelo Arruda e Hamilton Serighelli.

 

Só para saber

Luiz Henrique foi coordenador da campanha do prefeito Chico Brasileiro em 2012, já Marcelo Arruda é Guarda Municipal e sindicalista. Hamilton Serighelli, funcionário público aposentado, é militante de movimentos sociais e foi um dos organizadores do acampamento Lula Livre, em Curitiba.
 

Até tu, Brutus?

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, diz que se tivesse seguido o Brasil teria hoje 2 milhões de mortes por covid-19. Comparando as estratégias para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 adotadas pelo Brasil e pelo seu país, ele avaliou que se as medidas de isolamento social fossem flexibilizadas, como no Brasil, os EUA poderiam ter registrado óbito de 2,5 milhões de pessoas pela doença.

 

Modelo sueco

Trump diz também que o Brasil segue modelo adotado pela Suécia que manteve o funcionamento de restaurantes e escolas e, atualmente, registra 42.939 diagnósticos confirmados e 4.639 óbitos pela Covid-19

 

Frase:

Estamos vivendo momentos de estresse que não tínhamos experimentado sob a Constituição de 88. Passamos por várias crises, dois impeachments presidenciais, julgamentos complexos como o mensalão, mas não tivemos um estresse tão intenso como este. Isso decorre das peculiaridades do governo eleito.  De Gilmar Mendes em entrevista ao DW Brasil.  

Não acabou 

Ruas cheias, uso inadequado das máscaras, ou ausência destas, churrascos, festas, aglomeração. Quem vê, até acredita que por aqui, está tudo sob controle, Deus é iguaçuense e a Covid-19 não nos atinge.  Enquanto isto, no mundo real, o número de infectados aumenta dia após dia, e estamos longe de poder nos comparar a Nova Zelândia, um dos poucos países do mundo a registrar situação confortável, no que diz respeito à pandemia.

 

Responsabilidade   

Seria desalentador um retorno ao estágio inicial, de fechamento do comércio e todos, de novo, trancados em casa. Mas é exatamente isso que pode ocorrer caso a população não assuma, de uma vez por todas, a responsabilidade que é de cada um.   O tal de “novo normal” não deve dar o ar da graça tão cedo neste planeta.  E depende de cada um de nós, os rumos que essa pandemia vai tomar, em Foz do Iguaçu. 

 

Fake news

O cerco está se fechando. Quem patrocina, quem produz, quem dissemina notícias falsas, e vem agindo com desenvoltura há algum tempo, com a tranquilidade dos que creem que jamais serão descobertos e punidos, que abra os olhos.  O inquérito avança no o STF (Supremo Tribunal Federal) e conta com a boa vontade, para não dizer, a gana dos ministros, em apurar e punir responsáveis pela disseminação de notícias falsas e ameaças a integrantes da corte.
 

Banho de natureza

O Parque Nacional do Iguaçu e as majestosas Cataratas são comprovadamente irresistíveis e tem alto poder de emocionar.  Pelo menos 2 mil pessoas estiveram por lá nos últimos sete dias, desde a reabertura, no dia do aniversário da cidade. E as reações confirmam a paixão dos moradores da região pelo atrativo.  A maior parte dos visitantes são de Foz do Iguaçu e cidades vizinhas ao parque. Eles chegam felizes como crianças que depois de longa temporada de chuva podem ir ao quintal para brincar. E chegam a corar de emoção. 

 

Boa sorte ministro

O deputado Fabio Faria (PSD) já está ministro. Empossado pelo presidente Jair Bolsonaro no Ministério das Comunicações, em cerimônia bem prestigiada, o genro de Silvio Santos, a exemplo de todos os outros que passaram por este governo, fez um discurso que agradou a todos, mas nos deixou a pensar. Falou em pacificação, abertura de diálogo, respeito e, da necessidade de que deixemos as nossas diferenças político-ideológicas de lado para enfrentarmos o inimigo invisível comum (Covid-19). Isso tudo soa como música aos ouvidos. Que ele consiga realmente fazer o seu trabalho.

 

Fome de quê

Entrada de supermercados em Foz do Iguaçu tem concentrado um número razoável de pedintes. São homens e mulheres de diferentes idades que abordam quem entra ou sai, queixando-se de fome. E certamente, a maioria  dos frequentadores desses estabelecimentos se compadecem e acabam oferecendo algum dinheiro, ou mantimento.  A grande discussão agora é sobre o destino dessas contribuições. Há quem afirme com convicção que na realidade estamos ajudando muitas dessas pessoas a se drogarem.

 

 

 

 

 

 

A gota d´agua

Todo mundo, ou praticamente todo mundo em casa, muita gente desempregada e sendo surpreendida a cada mês pelas faturas a pagar. A da água é uma delas e, segundo consta, vem registrando alta desde janeiro deste ano. O caso chegou à Câmara, levado à discussão pelo vereador Luiz Queiroga (PTB). O parlamentar, assim como vários representantes de diferentes partidos, questiona o contrato com a Sanepar.

 

De olho nas eleições

Adiar ou não adiar, eis a questão posta neste 2020 completamente infectado pelo novo coronavírus. Quando digo completamente falo, naturalmente, dos efeitos colaterais em todas as esferas.  E nesse caso, inclua-se o processo eleitoral.

 

Bom senso

Reuniões se sucedem e a possibilidade de adiamento do pleito vai se fazendo a cada dia mais concreta. Clima, condição, não há, e é pouco provável que em outubro o cenário tenha se alterado ao ponto de permitir a aglomeração que fatalmente ocorre nessa ocasião. Que prevaleça o bom senso.

 

Beneficência

Fechado o balanço, o Visit Iguaçu comemora o sucesso do Iguaçu Cine Drive-in.  O evento, realizado em parceria com a Ação Social da Prefeitura de Foz, recebeu quase 600 veículos para as cinco sessões programadas. Arrecadou meia tonelada de alimentos, além de produtos de limpeza.  As doações serão destinadas a famílias carentes da cidade. Quem foi, aprovou a experiência e, já torce pela segunda edição.

 

 

Censura

O Governo Federal quer punir jornalista que publicar charge criticando o presidente da República, Jair Bolsonaro.  Estão evocando a Lei de Segurança Nacional, que "trata dos crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social", a partir do artigo 26, que prevê a pena de reclusão de um a quatro anos para quem "caluniar ou difamar" o presidente da República, do Senado, da Câmara ou do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

A ponte da discórdia  

Uns contra, outros a favor da abertura da Ponte da Amizade. Até que ponto essa reabertura beneficiaria, de fato, ambos os lados? Não seria o caso de se avaliar, racionalmente, verificar se os riscos não seriam maiores que os ganhos, neste caso?

 

Nem TED nem DOC

Agora parece que é para valer. No ano passado o Banco Central já anunciava a adoção do Sistema de Pagamentos Instantâneos. O que pode vir a acabar com as operações de TED e DOC. Uma Circular, a 4.027, instituiu oficialmente o Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI).

 

Criptomoedas

O mercado financeiro aposta que o novo sistema de pagamentos é mais um movimento rumo a digitalização da economia nacional. Isto porque o novo sistema integra o PIX, que pretende atender a demanda por pagamentos rápidos, baratos e seguros, com o Biticoin e as criptomoedas.

 

Entrega de dados

A cada temporada aparece um teste, um aplicativo incrível ou engraçadinho que todos amam e correm para experimenta e divulgar em suas redes sociais.  O que a maioria ainda não percebeu é que, a cada vez que adere a mais um desses modismos, entrega os seus dados e de quebra, os dos amigos, de bandeja, aos espertos criadores dessas novidades. Em ano eleitoral isso deve acontecer com mais frequência. Observe.

 

Emoção na reabertura

O Parque Nacional do Iguaçu mal reabriu para visitação, na manhã desta quarta-feira de aniversário da cidade, e já tinha público! Depois de quase três meses fechado -como medida de segurança para evitar o contágio pela covid-19-, a notícia de reabertura soou como música. A música das águas despencando no Salto Floriano. E as pessoas trataram de comprar rapidamente os seus ingressos. Imagine a emoção dos primeiros a entrar!

 

Até São Pedro cooperou

O Parque anunciou, na semana passada, que irá trabalhar com 350 vagas de ingressos por hora, nesta primeira fase da reabertura. O que muitos questionavam era se haveria público. E o resultado surpreendeu. A saudade, ou o desejo de conhecer, finalmente, a 7ª maravilha do mundo, deve ter falado muito alto.  Até São Pedro, que andava abrindo generosamente as torneiras, cooperou. No final deste primeiro dia, 158 pessoas haviam visitado o Parque Nacional do Iguaçu.

 

PV se apresenta

O Arquiteto, professor universitário e funcionário público municipal, Ricardo Albuquerque, é pré-candidato à Prefeitura de Foz do Iguaçu, pelo Partido Verde (PV). Apostando no crescimento do partido que, segundo ele, vem sendo oxigenado, desde o início de 2019, o arquiteto diz estar conversando com alguns partidos para definir um nome para a vice.

 

Novidade com conteúdo  

De concreto, no PV, de acordo com o pré-candidato, há o fato de que não irão juntar-se ao atual prefeito, Chico Brasileiro, nem a partidos de extrema esquerda. “Não somos um partido de esquerda, somos independentes, plural” afirmou à coluna depois de avisar que o PV será a novidade com conteúdo desta eleição.

 

SPC não

A Câmara dos Deputados acaba de aprovar projeto de lei que impede novas inscrições de consumidores em serviços de proteção ao crédito. De acordo com a proposta, nenhum inadimplente deve ser incluído nas listas até o final do estado de calamidade, em 31 de dezembro de 2020. Agora, só falta o presidente Jair Bolsonaro sancionar, para que a lei entre em vigor.

 

Vamos aplaudir 

Realmente digna de aplausos a Itaipu que, entrando no clima de comemorações do aniversário de 106 anos de Foz do Iguaçu, e da retomada das atividades turísticas na cidade, promoveu, na tarde de ontem, live solidária com o cantor Gabriel Smaniotto. A doações, neste caso, estão sendo destinadas aos   profissionais da base do turismo local, afetados economicamente pela pandemia da covid-19.

 

Bom mocismo

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia ((DEM-RJ) saiu mesmo do seu quadrado e assumiu o protagonismo na casa.  Como o leitor deve ter acompanhado, nesta terça-feira ele defendeu o corte de salário nos três Poderes. Quase caí do sofá ao ouvir isso! 

 

Não mexam no meu queijo!

Foi depois de o governo confirmar a prorrogação do auxílio emergencial com um valor menor dos que os atuais R$ 600 que Maia sugeriu o corte nos salários de membros dos três Poderes. Para garantir o mesmo valor, por mais tempo, disse ele. A coluna ainda aguarda o próximo capítulo, aquele em que a turma vai reagir fortemente à ideia de redução nos próprios subsídios.

 

Vacina Brasil 

Com prazo prorrogado, termina no próximo dia 30 a campanha de vacinação contra a gripe.  Os postos de saúde de Foz do Iguaçu continuam vacinando. Inclusive àqueles que perderam a primeira fase, destinada a pessoas com mais de 55 anos.

PDT tem pré-candidato

Embora ainda não tenha data definida para a convenção, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), trabalha com um nome e uma possibilidade.  O vice-presidente estadual, Nelton Friedrich, é pré-candidato à prefeitura de Foz do Iguaçu. Isto é um fato. Um nome indicado pela Rede deve compor com ele, na vice. Isto é uma possibilidade.

 

Estamos em festa

Foz do Iguaçu chega aos 106 anos de sua emancipação política. Sem festa, mas comemorando a retomada das atividades no setor que lhe é mais caro. Os atrativos turísticos da cidade reabrem neste aniversário da cidade trazendo um sopro de esperança à comunidade.

 

Um por todos e todos por um 

Lives, deliberações, reuniões se sucederam nas últimas semanas para que fosse possível essa reabertura do turismo. E cada empresa, cada um dos atores, fez o dever de casa, veio se preparando para este momento.  Agora o essencial, imprescindível, é que todos nós sejamos conscientes e responsáveis, que cada um faça sua parte, não ignore os riscos e siga à risca as orientações dos organismos de saúde.

 

Cine drive in

Saudades de pegar um cineminha? Então corra para comprar ingressos porque as sessões do Cine Drive In, primeira experiência de se assistir cinema com o céu e as estrelas sobre as cabeças, começam, nesta quarta-feira (10) e vão até o domingo (14). A iniciativa, de caráter beneficente, é do Visit Iguaçu, com apoio do município e diversas empresas parceiras. E vamos combinar, tem lá o seu charme essa experiência.  Foram selecionados três títulos, a serem exibidos em várias sessões. Entre no site do Sympla e escolha a sua programação.

 

Esse tal de Isolamento 

Sempre defendi que, ao dar uma ordem ou negar algo a uma criança, é importante explicar, dizer a razão.  Sou de uma geração cujo direito era dizer “sim, senhor, sim senhora”. E não discutir! Porque ´criança não tem que querer, nem questionar´.   Lembro-me disso ao pensar na dificuldade das pessoas em aceitar o isolamento social. Será que todas as pessoas entendem mesmo as razões desse resguardo?

 

E a ponte fechada?

Manifestação na margem paraguaia, manifestação no lado brasileiro. Todos exigindo, cobrando a abertura da Ponte da Amizade. Será que as autoridades do Paraguai são loucas ou inconsequentes ao ponto de ignorar o caos social e econômico que já se instala em Ciudad del Este e manter a ponte fechada?

 

Falta de estrutura

Em março a coluna conversou com um paraguaio que comentava o número reduzido de leitos e a falta de estrutura para atender uma demanda dessas. Um avanço da Covid-19 em Ciudad del Este resultaria rapidamente em colapso no sistema de saúde do município. Essa era, e continua sendo, uma das grandes preocupações dos paraguaios.

 

Ainda não acabou

Por aqui, vivemos uma situação que se pode dizer privilegiada, comparando-se ao que vive o resto do estado e do país. Isto graças ao apoio incondicional da Itaipu, que liberou verba, equipou o Hospital Costa Cavalcanti, disponibilizou testes rápidos, entre outras contribuições, e também à atuação do município, que adotou rapidamente medidas protetivas e criou dispositivos de controle eficazes. Mas ainda é necessário que haja cuidado e responsabilidade.

 

Sob controle

Estamos indo bem, mas se abandonarmos os cuidados, se minimizarmos os efeitos devastadores dessa praga, veremos o cenário mudar rapidamente por aqui. E o mínimo que poderá nos acontecer é voltarmos à estaca zero: tudo fechado, todos em casa.

 

 

 

Turismo rodoviário

Em reunião provocada pelo Visit Iguaçu, na tarde desta quinta-feira (4/6), com o presidente da entidade, Felipe Gonzales e representantes dos principais atrativos turísticos da cidade, o secretário municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, chamou a atenção para a importância do transporte rodoviário nessa retomada das atividades no setor. 

 

Protagonismo

Com os voos para Foz do Iguaçu reduzidos e a possibilidade de as passagens aéreas subirem à estratosfera, é possível imaginar que o aeroporto perderá mesmo o protagonismo, pelo menos nestes primeiros tempos, para a rodoviária.  Assim como países da Europa, Ásia e a América do Norte, Foz do Iguaçu aposta no turismo regional. No visitante que viajará de carro, ou ônibus.   

 

Controle de fluxo

O Parque Nacional do Iguaçu reabre com novo ordenamento.  Controle de fluxo de pessoas, venda de ingressos antecipada e apenas pelo site, distanciamento a ser sistematicamente fiscalizado -de acordo com o decreto municipal-, são alguns dos cuidados a serem adotados pelo Grupo Cataratas, tanto no Parque Nacional quanto no Marco das Três Fronteiras.

 

Lá na China

Alguém explica porque a insistência em disseminar nas redes sociais informações sobre o comunismo da China e ainda finalizar com o alerta “é isso que você quer para o nosso país”?  Estamos em campanha? Além disso, até onde o noticiário nos diz, o presidente Jair Bolsonaro vem mantendo relação até cordial com a China, que também vem de ser um dos nossos melhores compradores. Está lá na edição do dia 14 de maio de 2020 do UOL, matéria sob o título “Brasil registra alta de exportações para a China em meio à crise da Covid-19” (https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2020/05/14/brasil-registra-alta-de-exportacoes-para-a-china-em-meio-a-crise.htm)

 

Live Foz

Domingo (7/6) é dia de Live, e desta vez o palco da cena é o 277 Craft Beer. Nesta segunda edição da Live Foz, você se diverte e ajuda a quem necessita de apoio para sobreviver à crise que chegou na esteira da pandemia. As bandas Botox, Jazzguaretê e Venialgo irão apresentar, no canal do 277 Craft Beer no Youtube, de 18h às 21h, o melhor do rock and roll dos anos 70,80 e 90. Sua doação irá beneficiar a Casa de Proteção Temporária Acolher (CDPT), que abriga crianças e adolescentes.  Para doar acesse o site: http://vaka.me/1083274t

 

Mercosul de fora

O Parlamento holandês acaba de aprovar moção contra o acordo comercial entre União Europeia e Mercosul. Depois de duas décadas de negociação, o tratado assinado há um ano, está em risco. O pacto depende da ratificação de todos os países participantes. E o cenário não é dos mais favoráveis. O protecionismo europeu, as questões de direitos humanos e a ecologia, no Brasil, estão no centro das discussões e do movimento, na Europa, contra a ratificação do pacto com o Mercosul. 

 

Registro histórico

A coluna não pode deixar de registrar a excelência do trabalho produzido numa parceria entre o site H2Foz e a jornalista Izabelle Ferrari, em comemoração aos 106 anos de Foz do Iguaçu. Com roteiro, produção e direção assinados por Isabelle e Kathlen Ferrari, o vídeo, de quase seis minutos, leva o espectador a um passeio sentimental pela cidade, em um resgate histórico valiosíssimo. Assista em https://youtu.be/8cAXrGoWido 

 

Sai ou não sai?

Muita gente indagando, e a coluna também quer saber: afinal, sai ou não sai a pré-candidatura de Paulo Mac Donald Ghisi? Em fevereiro deste ano uma   entrevista do ex-prefeito ao programa Contraponto – A Voz do Povo, da Rádio Cultura, causou frisson na cidade.

 

Podemos ou não podemos?

Paulo Mac Donald que se mudava de mala e cuia para o Podemos, partido presidido pelo Senador Álvaro Dias, não só anunciou na ocasião sua pré-candidatura como reafirmou o desejo de voltar a governar Foz do Iguaçu. Em abril ele voltou à cena anunciando que conseguiu reverter a decisão Judicial que previa a suspensão dos seus direitos políticos. Depois disso, seguiu-se novo silêncio.